Google+ Followers

sábado, 19 de março de 2016

O Poder do mito Lula



 91% da população brasileira afirmou que não gosta de política e não acompanham as ações dos políticos. 91%, de cada 10 brasileiros menos de 1, acompanha o cenário político, prova disto que ontem na passeata de São Paulo pró Dilma, fizeram uma pesquisa e muitos disseram que não sabiam ao certo o quê estavam protestando e que golpe era este que estavam falando.
Fiquei abismada quando li o Leonardo Boff afirmando em seu twitter e no seu blog, que o Papa Francisco apoia o Lula. Afirmou que o Bispo Darci foi transferido do Santuário de Aparecida para Diamantina, por ter falado mal do Lula, na missa de domingo, quando pediu para a população rezar para que Jesus Cristo e Nossa Senhora pisem na cabeça das jararacas.  Sem entrar no mérito da questão se o bispo agiu certo ou não, o fato é que o dr.Boff fala para confundir e manipular as massas, como sempre, claro, mas, hoje a população esta lendo mais, pelo menos os 144 caracteres.
 No twitter realmente o espaço é mais democrático, pois diferente do facebook não conseguimos apagar o que o outro disse quando não gostamos (vários amigos petistas apagam minhas msgs no face deles). Logo, alguns padres posicionaram e desmentiram o Leonardo; mas, a intenção dele continua, de mentir, enganar e manipular os brasileiros para acreditarem no mito Lula.
Quem é Leonardo Boff? Pós-doutorado em teologia, inteligentíssimo, ajudou na tradução da maioria dos livros de C.G.Jung. Foi ele o responsável pela consultoria/assessoria ao PT sobre “O Poder do mito”. O mito Lula se deve a ele. O PT diferentemente dos demais partidos descobriram este poder desde o inicio, por isto os milhões para os marqueteiros.
No primeiro mandato Lula, eles queriam trabalhar o mito Hércules com as 12 tarefas. Uma das tarefas que o mortal Hércules fez para tornar-se imortal foi à mudança do curso de um rio.  Por isto a transposição do rio São Francisco que da mesma forma que a Usina de Belo Monte, não existe nenhuma explicação ou argumento plausível para justificar esta obra bilionária com os imensos e profundos impactos ambientais. Com a delação do Delcídio comprovamos que a Usina de Belo Monte foi só mais uma manobra pra abastecer os caixas das campanhas do PT. E o Rio São Francisco esta secando.
Hércules precisou mudar a curso do rio para limpar os estábulos do rei que estavam cheios de estrumes de cavalos (o significado dos cavalos aqui é orgulho) com esta água e a limpeza, todo esterco seguiu o curso deste rio e o reino floriu e frutificou, pois este esterco foi bom para a terra;
Lula, nos primeiros mandatos tinha este discurso ético, de limpeza e mudança, #sóqueNÃo. Não limpou o reino, deixou toda podridão por debaixo dos estábulos e pior começou a sujar muito mais o reino com seu orgulho, até o ponto de não conseguirem mais esconder/estancar o mau cheiro de podridão, sentido por todos que entravam ali.
Lula “esqueceu” desta tarefa de purificação e isto o impediu de tornar-se herói. Mas, não desistiu de ir para o Olímpio, precisou de um novo mito. Escolheu Chronos, o deus do capitalismo, o tempo cronológico que devora os filhos com medo de ser deposto (o pai autoritário que subjuga o feminino e abandona as crianças). Aqui esta a fixação dele com o FHC, pois sabe que não depôs e sim apenas ocupou o lugar mantendo a mesma estrutura sem mudar o reino/congresso.
Já falei sobre o Lula Chronos  em outros textos.
Sabemos que toda forma de autoridade esta ligada a figura do pai-verbo-ação. Dilma com sua estória de vida, sua postura masculina e autoritária, demonstra que não “lida” bem com sua masculinidade/feminilidade, assim, a carência de modelo é imensa, a briga dela sempre foi com os ditadores, comprovando o anseio pelo “pai” que a autentique.
“Aquilo que eu nego em mim encontro como destino”.  Encontrou o mito Lula que precisa subjugar e amordaçar as mulheres para lutar por ele. Dilma e todo o mundo sabem que ela só esta no governo por que o pai a colocou lá e fala por ela, (quer machismo maior?) ela não consegue ter “voz”, comunicar-se bem, só sabe falar no grito, na fúria, lhe falta o verbo, que Lula preenche. Já ele, não poderia passar o governo para um homem, pois este poderia tira-lo do poder como ele mesmo o fez com FHC.
Quando digo que #OPTMorreu é que o mito Lula esta em queda contínua e sem volta.
“O PT enterrou seus mortos em covas rasas e eles estão voltando”.
Pela primeira vez, a maioria dos pobres mortais e principalmente a militância, estão “ouvindo” o Lula de outro lugar, na m#$%¨# e estrume que é a “sua casa”. A paulada na cabeça da jararaca foi dada com a divulgação das conversas. Pela primeira vez a militância petista sentiu esta paulada e pode ser que despertem deste sono profundo.
Quando vemos o silêncio absoluto em relação às conversas MACHISTAS do Lula, de Maria do Rosário (a defensora das mulheres oprimidas!), das mulheres do PCdoB, das feministas raivosas de ONGs que recebem milhões do governo federal; comprovamos que TODAS estão amordaçadas por este pai ditador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Morreu de que?
- Se sufocou com as palavras que nunca disse...

Grata, pela visita!
Abraços,
Rita de Cássia